Promote a Blog | Blog Directory | Content Marketing | Analytics | Blog | FAQ |

Explore » Blog Directory of Selected Blogs
Connect » Authentic Blogger Community
Discover » Featured Blogs and Topics

Content distribution for euminfeerrno.blogs.sapo.pt

Blog Rating:
Promote Up Promote Down (click to visit & rate)
  
Blog Thumbnail

Bookmark and Share

Translate
BlogUpp Fans

Teorias...

Ei… olha… descansa que eu não vou falar de amor, coisa que aliás nem poderia, não depois deste último engambelo, do qual, aliás, livrei-me com o teu abraço. Não, não vou citar Gardel (de quem tanto gosto) ou oferecer-te gardénias (a prima-irmã da rosa, lembras?), para não pensares que dou-me assim a todas. Não, vou apenas pedir que releias o teu desabafo. Estou aqui mas não moverei um cílio para te ir buscar. Repara na quantidade de “queros, não posso, sinto muito, socorro” que es...

Desarreda

Então que tenho novos vizinhos. Porta com porta. Eu disse novos vizinhos, mesmo novos. Quatro rapazes entre os vinte e pouco e os vinte e pouquíssimos anos, alegres, educados, enfim, vinte anos…ai. Vamos lá imaginar, um T0* com quatro moradores, homens. Tranquilo… Não fosse a questão que me traz a este texto. Os móveis (incluídos no arrende) que os meninos, evidentemente, não puderam lá manter, visto que quatro camas num T0 mais os móveis, claro que alguma coisa iria sobrar: uma estante, duas poltronas...

Wania Andrade no seu... melhor

Para encurtar o assunto, eu vivo numa cidade pequena, numa rua mais pequena ainda, que tem casas (e principalmente janelas) nas duas calçadas. Dito isto, do outro lado da rua há um prédio muitíssimo degradado que foi restaurado e um dos novos moradores, um miúdo até muito giro, mudou-se com a namorada. Política de boa vizinhança, bom dia para lá, boa tarde para cá, enfim…. Sei que a moça desapareceu e eu continuei com o meu bom dia para lá, boa tarde para cá, mas reparei que o moço sempre que me cumpri...

Balanço...oi!

Aquele momento em que você se dá conta que... passou!!!!! "Roubei do blog: http://www.mariadaspalavras.com/". Um dos melhores já visitados por mim. Grata Wania Andrade - 18/07/2015

Medra

content discovered on Thursday, July 16, 2015 in 2015 wania andrade inferno inferno medo morena medra mulher espumante wania andrade humor amor querer

E foi só um escorregão… mas confesso que doeu. Não daquelas dores infindas, de cortar os pulsos, foi mais um incómodo, vontade de ficar quieta, encolhida, escondida debaixo das cobertas a ouvir um blues bem baixinho. Mas passou morena, ah, passou… Medo é traço que não combina com minhas ideias, com aquilo que almejo. Não tenho nem nunca tive medo de nada, é claro que resguardo-me, mas isto e só. Já passei o diabo, mas de cara com ele, percebes? Ali, fuça na fuça, e se alguma vez o ...

Amanhã

Tira os olhos dessa jangada, morena, a maré inda mal levantou. Tira o peito dessa moenda, pequena, o calor ainda nem te alcançou. Estavas nas alturas, eu sei, funduras tuas onde não te atreves… e onde eu sempre estou. Mas não leves isto tão a peito, que isto lá é jeito de tratar um coração? Fugiste do teu sem tamanho desejo de sentir-se viva. E daí? Eu bem que deitava tua vontade envergonhada em meus abraços e te dava dormida até adormeceres, morena, até adormeceres…   Amanhã não se s...

Sabiá

Então perguntas-me por ela. Logo tu, a quem beijei os olhinhos molhados, lágrimas quentes de pirraça e ciúmes. Justo tu, a quem guardei as mãozinhas geladas nas minhas, aquecidas ainda de mistérios. Então perguntas-me por ela. Dela não sei. Mas sei de mim e da minha aflição quando não estás. Quando não vens. WAndrade – 15/06/2015

Pietrá

*Feliz dia dos namorados.... WAndrade - 12/06/2015

Recolha

Ia comentar mas acho que não precisa. Porque era demais, não era? Demais é o que sobra  e o que sobra... pronto, comentei. Bom feriado!

Estratégia

Amigos do Infeerrno! Dia dos pretos velhos, "devagar, devagarinho" e...sempre! Já falei aqui, em alguns dos meus textos, que Força tem quem acredita nela e Sorte também! Toda superação requer força interior, mas um tantinho de sorte não faz mal a ninguém. Só que tudo isso sem Fé não adianta de nada, nadinha. Fé é raça, é objetivo, é amor. Fé é querer bem, por causa e apesar, seja como for. É mirar o caminho, ainda que não se veja a estrada. Bênçãos e paz a todos nós e obrigada pelos mai...

Peroba*

mas nem "lampejo" de caráter na vida real. *óleo para "lustrar" madeira...

Muda

Olá, amigos do Inferno! Mudança de layout para ficar mais levezinho. Espero que gostem e que continuem a visitar. Um forte abraço, Wania Andrade WAndrade - 29/04/2015 Podem continuar a procurar pelas tags e pelos nomes dos textos. Obrigada. Bem-Hajam!

Tintas

Hoje, quando faço versos, choro tinta no papel, nem de longe o menestrel, nem se assanha o instrumento. Hoje, quando faço versos, sou despejo de má água e nas linhas só deságua uma forma rascunhada de emoção. Hoje, quando faço versos, são meus olhos de um vazio... nem calor, nem calafrio, bordo e risco arremedos de ilusão. Hoje, quando faço versos, é a emenda de um soneto do amor demais, faço prosa a minha troça por amar demais, cansei! WAndrade - 14/03/1998 É uma valsa.

Lados

Quando faço uma canção ou escrevo poesia ou cozinho salmon, eu me concentro, detalho à vírgula, ao fundo, àquela última pitada de coentro, quando faço estou para tudo. Nada me desmove ou entrava quando quero e como quero acertar.  Se não o fizer foi unicamente porque não quis, eu não quis.  Não iludo com coisinhas, pequenisses, pouco sal, meia sentença ou semicolcheias. Não confundo nem disparo, nunca, nunca, sem destino. Ou frito ou não assino. Minhas fazências, todas elas, têm a minha cara...

Domingo de Páscoa.

Amigos do Infeerrno, a ementa do dia da Páscoa: Salmon Malandro. E não? Quem nã tem bumbum nã faz trato com seringa, já dizia Wania Andrade, mas isso é uma outra estória, de rir também, mas, quem sabe, para outro momento. No mais, um verde fresco, bem fresquinho e a certeza de que o que hoje faço por alguém, amanhã será feito por mim. Quem bom! Boa Páscoa a todos!  WAndrade - 05/04/2015

Quatorze

Bom dia, Infernoland, sábado de sol, que bom! Tem jeito melhor de comemorar os 14.000 amigos do inferno do que... "sambando"? Agradeço a todos, um abraço, Wania Andrade

Relevo

‘Tava mesmo vento, um cortante de todos os lados, puxou o mais que pode a gola do casaco, a proteger o pescoço, e saiu assim, sem medo daquela friagem. Gelo já tinha há tempos no coração, não era novidade. Novo mesmo foi aquele encontro, depois de tanto tempo, aquele olá, oferecendo a cara a um beijinho. Pensou que ali tinha coisa, mas deu de si educação e retribuiu o cumprimento. Aquilo sim era gelo de sua parte. Manteve o olá apenas e seguiu a sorrir de leve, perante o espanto d...

Regalo

Juntava folhas, conchinhas, riachos, pauzinhos, madrugadas, neves, bocados, silêncios e armadilhas. Andava a coser uma manta, ornada com as pedrinhas que também juntava. Uma prenda, é…quando pronta estivesse, entregava. Havia de cobrir-lhe os encanhos, que é de frente que se curam os lanhos… os do peito, os da alma, os tamanhos, e também para que soubesse, bem sabido, como foi ter juntado aquilo. Depois, bem depois, sândalo, lavanda e carinho.   Se fosse o caso. WAndrade – 14/0...

Líchia

Nem chateação, nem aborrecimento. Nem pena, nem dó. Talvez compaixão, que é de ter. Bárbaro, em anseios das pratas, idolatra o fidalgo, aliciando-lhe as benes, os apoios e a própria desgraça. Alma acanhada assim definha, coitada, nem sonha o que lhe ceifa o arbítrio, apenas zonza pelos cantos da vida, encalhada numa estância alquebrada e fria; incônscia e sem forças, deriva em si mesma…tonta… Num escambo medonho e murcho, partilham-se sombras e foices…, delusões…delírios entre aparê...

Anda cá!

Olha, escusas de assustar! Só fiz um carinho, uma delicadeza, coisas de mim. Meu caminho é apreciar o que vejo e…só. Quero-te como quero às estrelas, o sol, minhas caminhadas e meus estudos. Nada vai além de um bem-querer, imenso, é verdade, e uma vontade sem tamanho de abraçar teu momento triste, ou o alegre de ti, conversar da vida e enviar-te beijos. Meu caminho e apreciar o que vejo e…só! Te amo. WAndrade-14/01/2015

Gracinha

Quer dizer, a pessoa escolhe o lado borbulhante da vida, esculhamba com todo o afeto que você sente por ela, não te dá um telefonema, muda de país, não te diz um “ai”, durante anos não quer saber se você está vivo, não te manda uma bosta de um sms sequer. Aí, você melhora, levanta, melhora mais, revive, mostra a cara de novo, refaz a vida. Aíí, sabe-se lá porque, a “maravilha” resolve, escrever no dia do teu aniversário, reclamando que você “nunca mais disse nada” e ainda querendo te da...

Feio

Ai que me me gusta bailar… la bamba, espalhar os pés no chão que se curva. Isso sim é viver! Veias saltadas, alma alterada, semba, semba, obá,obá,obá! La bamba epopeia, descamba, desanda, diz sim ao arauto do fundo, ê bumbo, ê bumbo, ê limbo, ê boi! Seguro morreu de…scabido, fez feio sentido naquilo que pensava ser. E morreu sem saber que bastava um psiu, socorro, sou eu… que no bambo da corda não tenho mais vez. WAndrade-13/01/2015 Pago.

Apanha

Sem ter o que fazer, o tempo permitiu-se um prazer, esparramou-se na praia e tirou um cochilo. Espreitava de longe… marujos desabençoados e zonzos, brindavam desfeitos e mazelas, numa algazarra abatida e agastada. Sem norte. Deixou-se ali ficar... estava sol... via e dormi, via e dormia. Tinha…tempo. Fazia o que melhor sabe fazer, passava; navios passam, arrepios também, febres idem. O tempo? Ah, esse passa e repassa na frente o que atrás foi semente… Os marujos? Já devem ter dado com o t...

Curso

É encantador. O ser humano e suas essências que não mudam. Uma vez nobres, para sempre nobres. Tão consolador ver uma pessoa com carácter, haja o que houver. Dá sentido à vida conhecer gente com fibra, aquelas que não se vergam, seja o vento que for. Até porque, como se sabe, o vento que venta lá, venta cá, ou ainda, o vento muda, invariavelmente. Pessoas que enfrentam suas vicissitudes com garra e olho no olho dão-nos uma aula de vida. É o céu, sim senhor! Aquelas que, independe...

Carnério

content discovered on Tuesday, January 6, 2015 in procura sapo 2015 blog tags carnério novo post sapo pt google wania andrade inferno last humor amor

Ai, e não é que estava mesmo certo.   Eu posso fazer absolutamente tudo o que eu quiser. Mentir, sacanear, iludir, ludibriar, enganar, passar a perna, puxar tapetes... É claro que eu posso! Eu posso! O que eu não devo (não é?) é me aborrecer, me irritar, ficar de bico, etc... quando aquilo que eu fiz vier ao de cima, ficar a descoberto,  quando a minha máscara cair e todos perceberem quem eu realmente sou, indubitavelmente. E, principalmente, quando a vida ...       Bom, de cega a vida...

Planeta

Dá um sinal. Pequeno que seja, menor, menor ainda, estarei lá. Acena, breve, véu, vulto, estarei lá. Sopra, brisa que seja, acanhada, que desses medos sei eu, estarei lá. Onde for, chagas ou mortes, estarei lá. Teu pranto comigo está guardado, caixinha de segredos, ninguém saberá, prometo. Mas dá um sinal, é tempo de risos e colo e flor e vida. WAndrade – 04/01/2015

Flores

Prenda de aniversário! WAndrade - 27/12/2014 Quando é feito para brilhar, até no poste reflete... óh, sol!

"Vinte-Quinze"

Feliz ano novo para todos nós! Fé e força para construir esses novos dias que estão a chegar. Amor e compaixão para eleger esse novo ano O ano, O novo e melhor de nós. Consciência e alegria para permitir que as novidades cheguem e fiquem. Tudo será novo e feliz se nós o fizermos assim. Garra, esperança, honestidade e abraços. Sinceros e quentes. Todos apertados e demorados. Feliz “Vinte-quinze”!!! Abraços, Wania Andrade WAndrade-31/12/2014

Geul

A alma acanhada pela barbárie estende, débil, a mão acorrentada. O das luzes, acostumado a estas lidas, a tudo atento antes, chegará n’algum instante. Cercaram os teus dias, toldaram os teus sensos, mas é alvo o lado a que se lança, pois há de ti ainda muito, descansa. Paciência, pequena primavera, que a derrama está por terminar, já ouviram o teu chamado, já sabem como te alcançar. WAndrade – 21/12/2014y

Sevilha

Não adianta não falar, desconhecer, ignorar, silenciar e fazer esta figura tão triste de quem agora combalid est. Apenas olha, atreve-te sinceramente a olhar ao teu redor, uma vez que seja, um momento apenas e vê no que os teus olhos sangram, um breu tão intenso que esquiva de ti a verdade e o senso. Não adianta provar-se de contrários se até os de dentro já deram conta do “ouro” perdido e aforam-se, lentos e corteses, como quem foge à maleita, ao malsão. Aller, aller, cuida! O tino, se um dia o ti...

Trízporum

Os que aplaudiram a tua entrada triunfal são os mesmos que ovacionam a tua saída cabisbaixa. Gozam é do espectáculo, olha, do espetáculo… Somente as almas ralas deixam-se subornar por encantos factóides, é disso que ele vem falando há tempos e tu não suportas dar conta. O que mais falta acontecer? Mais um desmoronamento e vais ao fundo do mundo (como dizia o poeta), sem volta, sem salvação que seja. O que conta sabes bem o que é. O sentes na carne talvez como em nenhum outro alvoro...

Trizporum

Os que aplaudiram a tua entrada triunfal são os mesmos que ovacionam a tua saída cabisbaixa. Gozam é do espectáculo, olha, do espetáculo… Somente as almas ralas deixam-se subornar por encantos factóides, é disso que ele vem falando há tempos e tu não suportas dar conta. O que mais falta acontecer? Mais um desmoronamento e vais ao fundo do mundo (como dizia o poeta), sem volta, sem salvação que seja. O que conta sabes bem o que é. O sentes na carne talvez como em nenhum outro alvoro...

Dela

E de repente, depois de tanto, percebeu que não faltava mais nada…                                             talvez um pouco de picante…   Feliz Natal! WAndrade-25/12/2014

Soltas

Um dia você vai ter que parar de ignorar o óbvio. Um dia você vai ter que olhar para esses olhos e ver-lhes a tristeza, as rugas, o baço que eles lhe devolvem. Vai ter que parar de fingir que era isso e olhar à sua volta, o caos. Um dia você vai ter que parar e ouvir o seu amigo. Vai ter que encarar o deserto que é a sua alma. E perceber o que o seu medo fez com o bom de você. Vai ter que abrir as suas janelas e ver o seu próprio horizonte, aquele que você desejou. Um dia você vai ter q...

Follow Friday Palavra de Vidro

content discovered on Friday, December 19, 2014 in é um inferno follow friday wania andrade wania andrade inferno

Amigos do Inferno, bom dia! Hoje vamos seguir o Blog Palavra de Vidro! http://flortriste1943.blogs.sapo.pt/ Sentimentos em forma de poesia, uma beleza, tenho certeza de que vão gostar. Boa sexta-feira a todos, Wania WAndrade - 19/12/2014

Treze

Treze mil amigos no ano em que completo treze anos de vida em Portugal. Agradeço a todos que aqui vem para ler, comentar, discutir, só ver, espreitar, são todos muito bem-vindos, como sempre digo. E para os mais assíduos, os do dia a dia, queria explicar que quando fico sem partilhar por algum tempo é porque outros me pedem, para dar tempo de ler tudo com calma. Tento sempre atender a todos, pois vocês é que fazem este inferno ter a força que tem. Um abraço apertado a todos, e como sa...

Parabéns!

Só uma coisinha: custava avisar? Custava falar? Nem que fosse um daqueles emails documentais inspecionados e tão formais, seria mais digno. Aliás, só para informar: dignidade não dói, caráter não é doença e covardia é forma. Já era esperado. Essências não mudam. Pode ter verniz, pode polir, pode titular, mas não mudam. No mais, dó. WAndrade - 21/11/2014 De um caráter postiço só se pode esperar uma atitude pequena. WAndrade

Esforço

E sabe por que? Porque... podem todas as rosas estar abertas e até Versailles estar em festa. Pode o riso adornar o que se entende. Entende-se. Pode a palavra enfeitar o fastio, que para isso (também) é regra. Pode o prazer desembrulhar-se em pequenas bolhas... pilhérias da vida… pode o vôo ser maior que a asa. Tudo pode…até a saudade ser mais forte que o silêncio. Contra isso nada pode!  WAndrade-15/11/2014

Pelo caminho

Não sou perfeita... às vezes, penso que falo grego, penso em sânscrito e amo em galês. Mas aceito outro copo, outro trago. Não sou perfeita...tenho dias maus, bad days, I have… e um inglês sofrível, como a alma vezes sem conta. É que, para mim, o  amor tem que ser explícito, o dito faz diferença, o amor vive de palavras, sim, de admiração e de exclusividade. O ser amado precisa saber que é especial, que é ouro, que difere dos outros porque é único. É, talvez eu dê demasiada importância a es...


What do you think?

COPYRIGHT NOTICE: BlogUpp does not claim ownership of any content distributed via this blog directory and its content marketing channels.
The author of the blog mentioned at the top is assumed to be the content owner. BlogUpp is a blog promotion and content marketing service. Learn more

Terms of Service | Privacy Policy | Copyright © 2018, BlogUpp (aka BlogUp)